DHU Miranda do Corvo 2016

No Domingo estive em Miranda do Corvo para mais uma edição do DHU Miranda do Corvo. Tal como na minha primeira prova em 2005, fui com o meu pai de manhã cedo até à capital da chanfana. Desta vez, graças ao Toni (BikeAventura) já tinha um dorsal reservado:

13434686_1732608573654271_2699526518614249536_n

Entretanto fui ver o percurso a pé enquanto relembrava a configuração dos percursos de anos anteriores. Um percurso curto mas divertido. Excelente trabalho na construção do drop e das restantes estruturas.

foto by Fotojotapê

foto by Fotojotapê

Entretanto fui encontrado velhos amigos e conhecidos que partilham o gosto por esta modalidade e que proporcionaram ao longo de todo o dia um ambiente de convívio e descontração.

foto by Luciano Augusto

foto by Luciano Augusto

Abriram os treinos e foi uma manhã cheia de descidas, até perdi a conta. Os transportes eram bastante rápidos o que fez render bastante o tempo.

Photo by Barry Palmer

Photo by Barry Palmer

A cada descia ia afinando a passagem pelas escadarias e a entrada para o drop.

Photo by Barry Palmer

Photo by Barry Palmer

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nas últimas descidas de treino que fiz ia com o Miguel Martinho e o Antonio Mendes em modo ‘train’ e íamos comentado as linhas escolhidas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entretanto já com os joelhos desenferrujados começavam a sair alguns Tables no salto final.

Foto by Luciano Augusto

Foto by Luciano Augusto

Fim dos treinos e chegou a hora do almoço. Fui com o meu pai e o Miguel à tasca “O Caracol” onde fomos muito bem servidos.

O calor já se fazia sentir,  após a paragem para almoço já estava equipado a subir para a 1ª Manga. Já no topo, estava um ambiente bastante descontraído e quando chegou a hora arranquei para mais uma descida. O piso estava bastante mais quente o proporcionou uma curvas mais escorregadias mas sem quedas. No fim tinha de ser… mais um table top.

Foto by Luciano Augusto

Foto by Luciano Augusto

Fica também o registo vídeo do Luis Medeiros, a minha chegada no minuto 1.52s:

Fiz também um pequeno edit com as filmagens que o meu pai fez:

Após descermos todos, fomos logo de volta ao topo para a manga final.

Na segunda manga fui ligeiramente mais rápido nas escadas e na zona final o que dificultou a manobra no salto final, tive de cortar o salto para não aterrar fora da aterragem. Acho que a minha cara diz tudo 🙂

Photo by Barry Palmer

Photo by Barry Palmer

No final ganhei um dia bem passado e uma caçoila!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resta-me agradecer a todos os que contribuíram para este dia bem passado!

Ao meu pai pelo apoio domingo e desde 2005 nestas andanças, a minha noiva Tina que apesar de não ter estado no domingo presente me apoia sempre em tudo e a todos os amigos que ao longo dos anos me acompanharam nestas aventuras.

Boas Rides

You may also like...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: